sábado, 12 de dezembro de 2009

Feijoada no Quilombo Sacopã - Feliz Aniversário Luis!!!


quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

FOLIA CARIOCA - 10 de dezembro



GRITO DE CARNAVAL
da Associação FOLIA CARIOCA (Associação dos Blocos e Bandas do Rio de Janeiro) A festa de lançamento da Associação Folia Carioca terá roda de samba com o grupo Nó Molhado, Toninho Geraes e convidados.
A programação inclui baile de carnaval animado pelo maestro Quintanilha, do Cordão da Bola Preta, tocando marchinhas, sambas e frevos. Festa da Folia Carioca
Quinta 10 de dezembro de 2009 - 21 horas Cabaret Kalesa
Rua Sacadura Cabral, 61 – Praça Mauá – 21h Ingressos: R$ 5 antecipados (pelo email blocosfoliacarioca@gmail.com) ou R$ 10 no local

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Sambando macio



Oi, Zé quando vier da lagoa
Toma cuidado com o balanço da canoa
Oi, Zé faça o que quiser
Só não maltrate o coração desta mulher
Oi, Zé faça o que quiser
Só não maltrate o coração desta mulher
Oi, Zé quando vier da lagoa
Toma cuidado com o balanço da canoa
Oi, Zé faça o que quiser
Só não maltrate o coração desta mulher
Oi, Zé faça o que quiser
Só não maltrate o coração desta mulher

Cheiro bom no ar



A cozinha é um divã! Sim é verdade!!! É nela que afogo as minhas mágoas, soluciono os meus problemas e encontro o prazer de viver.

É na quentura da panela que o meu coração se enche de alegria e é no ajuste dos temperos que o meu paladar transforma o amargo, o azedume, em doces melodias, lembranças felizes.

Já disse que a cozinha é lugar de bruxaria... É ALQUIMIA PURA!

Numa dessas incursões a ela descobri que sei fazer batidas, tá?

Bem, vou deixar a receita do Quentão. Eu fiz e a galera ADOROU!!!


QUENTÃO


Ingredientes:1 garrafa de cachaça (600 ml)

50 gramas de gengibre em pedacinhos

1 maçã cortada em pedacinhos

casca de 2 laranjas

casca de 1 limão

600 ml de água

1/2 kilo de açúcar

cravo da índia

canela em pau


Modo de Preparar:Em uma panela grande, colocar o açúcar, as cascas de laranja e limão, o gengibre, o cravo e a canela.

Quando o açúcar estiver derretido, colocar a cachaça e a água. Deixar cozinhar tudo por uns 20 minutos em fogo brando. Usar um filtro de papel para coar e em seguida acrescentar a maçã em pedacinhos. Mantenha quente ao servir.


fonte: Receita de João Krisch Junior

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Dia Nacional do Samba - 02 de dezembro


Ao olhar para o passado me posiciono como uma expectadora de uma história que nos chega através da criatividade dos congo-angola. Povo do tronco linguístico bantu. Chegaram aqui no Brasil, muitos na condição de escravizados, derramaram sua criatividade para recriar sua cultura.

Dessa memória, de cultural oral, nos chega o semba. Semba que remonta tantos segredos nos seus passos. Tantas disputas, lamentos de dor e alegria de viver nos seus cânticos.

Semba que se tocava e dançava nos terreiros de terra batida das fazendas que produziam cana de açúcar ou café da Bahia. Semba dos bantus levados às minas nas terras das Gerais. Semba que na cidade do Rio de Janeiro era realizado nos fundos das cabeças de porco e que com a modernização da cidade subiu os morros com sua gente perseguida, discriminada e marginalizada.

Se ontem ele era o filho feio de um povo maltrapilho, barulhento, chegados ao calandu; hoje é enaltecido e amado. O samba seria então o resultado da miscigenação de um Brasil democrático racialmente (versão oficial).

Se na atualidade é possível curtir esse dia, não podemos e nem devemos esquecer daqueles que foram perseguidos por tocarem samba - lembram do caso do João da Baiana? -, dos terreiros de culto de matriz africana que eram invadidos e depredados. Local de espiritualidade e perpetuação da cultura negra, nos finais dos seus ritos promoviam as rodas de samba. De lá sairam os instrumentos formadores do samba, as pastoras, as cabrochas, os músicos e os compositores, Saravá! Mukuiu ( benção na nação Angola) ou Mutumbá (benção na nação Ketu) a todos!

Estamos aí, levando de uma forma ou de outra a nossa cultura. Sempre lutando por visibilidade dos que realmente tem talento e competência para entoá-lo e tocá-lo. Enaltecendo sempre as raízes, o tradicional e brigando para que a modernidade,ou, o capital não modifiquem tanto o que é nosso.

Tendo consciência do dinamismo da cultura, mas de olho nas deformações, viva o samba nosso de cada dia!!!!

Asé

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

BASTA DE VIOLÊNCIA!


25 DE NOVEMBRO DIA INTERNACIONAL DA NÃO VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER


O 25 de Novembro é o Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher. A data foi escolhida para lembrar as irmãs Mirabal (Pátria, Minerva e Maria Teresa), assassinadas pela ditadura de Leônidas Trujillo na República Dominicana.
Em 25 de novembro de 1991, foi iniciada a Campanha Mundial pelos Direitos Humanos das Mulheres, sob a coordenação do Centro de Liderança Global da Mulher,que propôs os 16 Dias de Ativismo contra a Violência contra as Mulheres, que começam no 25 de novembro e encerram-se no dia 10 de dezembro, aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamada em 1948.


História
A eleição do dia 25 de novembro como data internacional da luta contra a violência à mulher foi um acordo entre as participantes no Encontro Feminista Latino-americano e do Caribe que se realizou em Bogotá, em 1981, por solicitação da delegação da República Dominicana que propunha que se homenageasse as irmãs Mirabal: Minerva, Pátria e Maria Teresa. Elas são um exemplo vivo do tipo de mulher comprometida com as lutas de seu povo.
As três irmãs foram assassinadas pela violência do regime de Trujillo que durante trinta anos manteve o povo dominicano no atraso, na ignorância e no caos. Em 1960, o povo dominicano, descontente e farto da ditadura tão longa, todos os dias ia para as ruas contra as forças militares repressivas que davam sustento ao ditador.
As irmãs Mirabal nasceram na seção Ojo de Água, província de Salcedo, República Dominicana. As condições de vida no país e na zona onde viveram devido ao domínio estadunidense e o atraso das relações de produção determinaram sua sensibilidade diante dos graves problemas sociais. A participação ativa das irmãs Mirabal na luta contra Trujillo deu-lhes a fama de revolucionárias, motivo mais do que suficiente para que em certa ocasião Trujillo manifestasse ante um grupo de pessoas que seus únicos problemas eram as irmãs Mirabal e a Igreja.
O que aconteceu no dia 25 de novembro de 1960?
Minerva e Maria Teresa foram visitar seus esposos na prisão, em companhia de sua irmã Pátria. Foram interceptadas em um lugar solitário do caminho pelos agentes do Serviço Militar de Inteligência. Conduzidas a um canavial próximo, foram objeto das mais cruéis torturas, antes de ser vítimas do que foi considerado o crime mais horripilante da história dominicana. Cobertas de sangue, destroçadas a golpes, estranguladas, foram colocadas novamente no veículo em que viajavam e jogadas em um precipício, com a finalidade de simular um acidente. O assassinato das irmãs Mirabal produziu um grande sentimento de dor em todo o país. Porém, serviu para fortalecer o espírito patriótico de um povo desejoso de estabelecer um governo democrático que garantisse o respeito à dignidade humana.
A memória dessas valentes irmãs mártires que arriscaram suas vidas e as ofereceram efetivamente pela causa da mulher nos enche de esperança e nos dá força para continuar lutando por uma sociedade igualitária na qual mulheres e homens possamos viver em fraternidade humana.



* Publicado em Coyuntura 63 - Enviado por Carlos Morales Monzón, Diretor The Media Services.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Valeu ZUMBI!!!!


Ser guerreiro de Zumbi vai além do ato de vestir esta camisa num único dia do ano, é se valer dessa imagem o ano inteiro.É estar calcado no desejo de inclusão e representação de um povo que se desenvolveu a partir do tráfico negreiro e criarmos ferramentas para que possamos finalmente ser inclusos nos benefícios da cidadania plena, garantida pela Constituição. Todos os dias se luta contra a discriminação do povo negro. Todos os dias do ano travamos lutas intensas a favor da vida, da liberdade religiosa, pela educação, saúde, contra a violência, contra a apropriação cultural (que gera lucros apenas pra alguns) e desigualdade de gêneros do povo afro-descendente. O dia 20 de novembro é o ápice desse movimento diário. Este dia fica sublimado pelas manifestações culturais de um grupo marcado, ainda, pelo preconceito. Neste dia deixamos claro que somos muito mais que esportes ou artes. Somos a congregação de tudo isso e muito mais. Basta termos a oportunidade de mostrarmos a nossa potencialidade. Nós assumimos a responsabilidade de sermos agentes da nossa própria história.
PARABÉNS AOS COTISTAS DA UERJ, QUE A DURAS PENAS MOSTRARAM O SEU VALOR! PARABÉNS AOS PROFESSORES COMPROMETIDOS COM A DESNATURALIZAÇÃO DA TAL DEMOCRACIA RACIAL , CUJA A VERBALIZAÇÃO DE SEUS CONHECIMENTOS PROPORCIONAM DEBATES A RESPEITO DOS TEMAS PERTINENTES À LUTA DOS AFRO-DESCENDENTES!
PARABÉNS ÀQUELES QUE BUSCAM MELHORAR A AUTO-ESTIMA DE MILHARES DE JOVENS NEGROS!
PARABÉNS AOS ARTISTAS E A TODOS QUE ENTENDEM QUE FELICIDADE É UM CONCEITO GLOBAL!
A todos os guerreiros de Zumbi, independente do tom da pele o meu ASÉ!

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Nada de especial


"Não quero você por apenas 1 dia. Preto, quero você por uma vida inteira..."

Lembro dessas palavras como se fosse hoje. Como eu pude ser tão tola? Tão imbecil a ponto de dar o meu coração a um crápula!!! As palavras às vezes escapavam da minha boca, porque toda hora a senhora sentada ao meu lado no 247 (Passeio) me olhava com reprovação. Deveria pensar que eu estivesse louca, observação mais que perfeita. De alguma forma precisava desabafar...

Olhei pra tal senhora. Criei coragem e como se fosse uma velha conhecida soltei o verbo. Contei-lhe o dia em que conheci o Gui, segurança MARAVILHOSO de um hotel na zona sul. Foi no final do outono de 2008. Ele me fazia muito especial quando estava em seus braços. À senhora confidenciei de como não percebia os olhares dele para as outras mulheres, porque estava fascinada.

Quando eu e o Gui chegávamos nas rodas... Fechávamos! Éramos perfeitos! Ai, ai... Tudo tão breve... Era perfeição demais!!! Eu deveria ter ficado alerta, mas estava embasbacada.

TÊ-LO VISTO NA CAMA COM A MINHA MELHOR AMIGA, me mostrou como a perfeição é perigosa.

A mulher me abraçou e disse que a minha experiência é igual a de tantas outras... Q eu não seria nem a primeira e muito menos a última. Puxou a cordinha para dar sinal que saltaria no próximo ponto e com um sorriso me desejou sorte.

O que me fez responder um sonoro: AMÉM!!!

CENTRO CULTURAL TIA DOCA - 14/11


terça-feira, 10 de novembro de 2009


Estava naqueles dias em que nada dá certo. Celular dando tilt, PC com vírus, chefe estressado, unha que quebra, temperatura insuportável (tombando td a minha produção!!!). Tinha certeza que não deveria ter saído da cama. O dia estava uma loucura e eu contando as horas pra que ele terminasse e eu pudesse correr para o meu refúgio.
Creusa, minha colega de trabalho, entra na minha seção toda ouriçada: preta, vamos tomar uma gelada? O dia está pedindoooooo!!!
A cara dela era a própria expressão da loucura e fiquei me perguntando se tal convite poderia ser uma boa. Afinal, ela é uma das pessoas mais sequeladas que eu conheço e o dia não estava pra peixe. Algo me dizia que ia dar merda, mas aceitei o convite.
Na porta do bar, a alça do meu soutien estoura: PQP!!!! Não estou aguentando esse dia e agora??? Direção: banheiro! Joguei o despencado para o fundo da bolsa, muito puta da vida!
O celular sem o visor e alguém me enviando mensagem. O pobre foi parar na parede. Antes eu o xinguei muito!!! Porque sou do tipo que discute até com aparelhos domésticos e cia. .
Saí do banheiro e cadê a Creusa? Havia sumido!!! Meu Deus!!! Naquele instante tive a certeza que colei chiclete na cruz de Cristo. Já estava indo embora quando alguém segurou o meu braço.
Será mais problema????? Quando virei, dei de cara com o Julio... Senti uma onda leve me envolver o corpo... Ai, lindoooooooooooo!!! Ele me reconduziu à mesa e eu fui flutuante. Ai, aqueles olhos puxados e verdes, boca carnuda... Hummm!!! Gentem, o homem tem 1, 95 bem distribuído. Ai, tentação!
Conheci o Julio numa roda de samba em Marechal Hermes.
Espera! Para tudo!!!
O que ele estava fazendo aqui no centro do Rio? Ele deveria estar excursionando com o conjunto dele.O bonitão é saxofonista e está sempre em excursão pelo mundo. Nos separamos porque ele estava de partida para o Japão e não tinha perspectiva de volta. E agora aquele monumento estava na minha frente... Mas o que terá acontecido?
Julio disse que pediu à louca da Creusa para me levar até ali. Contou que não conseguia ficar longe de mim e eu viajando na boca dele.
Hã????????????? Volta a fita!!!
Ele disse que não conseguia ficar longe de mim. Caraca!!!! Quase engasguei!!!
Será que o final do dia seria triunfal?
Acho que mereço, suportei o dia bravamente.
Perdida nesses pensamentos tolos não vi quando ele pegou uma caixinha, abriu e disse:
-Vc quer casar comigo, preta? Casa, comida e roupa lavada.
E abriu aquele sorriso lindo. Lembro ter dito alguma coisa, que logo foi abafado por um longo beijo.

KAMISU DE CRIOULA - 12 DE NOVEMBRO


segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Dia Nacional da Cultura


Racismo faz mal à saúde!


Concurso de Beleza Negra Deusa do Ébano - 19 de novembro


Horário: 19 novembro 2009 de 18:00 a 19:00

Local: G.R.E.S. Estácio de Sá

Organizado por: Grupo Afro Cultural Òrúnmilà


Descrição do evento:

Concurso Deusa do Ébano do Bloco Òrúnmilà 2009O

Bloco Òrúnmilà realiza dia 19/11 o Concurso de Beleza Negra Deusa do Ébano. Em sua 13ª edição, esta é a homenagem do Òrúnmilà à beleza, força e representatividade da mulher negra em nossa sociedade. Esta produção faz parte do calendário comemorativo ao Dia da Consciência Negra, celebrado dia 20 de Novembro em todo o Brasil.

Unindo idéias sobre arte, música e aprendizado, em 2009 a Deusa do Ébano acontece na quadra da Escola de Samba Estácio de Sá e conta com a participação de grandes articuladores do movimento como: Da Ghama, Guiguio do Ilê Aiyê e Agbara Dudu, além do show do cantor e compositor Dudu Nobre bem como do Òrúnmilà, entre outras atrações.

Serviço:Noite da Deusa do Ébano do Òrúnmilà

Local: G.R.E.S. Estácio de Sá: Avenida Salvador de Sá, 206/208– Estácio

Data: 19/11/2009 (quinta-feira véspera de feriado): 22h00min

Ingresso antecipado: R$ 10,00 feminino R$ 15,00 masculino

Realização: Grupo Afro Cultural Òrúnmilà

Contato: deusaorunmila@hotmail.com – 21 92600019 – 78298533 – 24*41293

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Exposição MULHER NEGRA MULHER - SESC de Ramos (07/11/09 - sábado)


Ensaio fotográfico que visa traduzir na forma e na atitude de 100 mulheres, o que é ser Mulher Negra.
Trabalho de pura emoção e muita reflexão.

MULHER NEGRA MULHER - Como assim?????????


Ser mulher negra é ter que provar a todo instante competência até a exaustão. É não se ver na sua beleza natural. É viver na corda bamba, tendo em uma das mãos uma adaga e na outra um espelho. É estar na estatística social no último degrau da pirâmide. É estudar muito, trabalhar muito e ganhar nada ou quase nada.

É SER BONITA, mesmo quando dizem que não. É ser cheirosa. É ter a pele macia e brilhosa. É sonhar com penduricalhos, balangandãs, saltos e vestidos vistosos. É querer sempre o melhor para seus filhos, por isso assume até o papel de chefe da família.

Ser mulher negra requer habilidades. É TER JOGO DE CINTURA. É saber cair e com categoria levantar.´É não precisar de ninguém para explorar seu ziriguidum, seu teleco-teco, seu balaco-baco, porque somos muito mais que carnes com um furo no meio. É GARGALHAR POR DESPREZO PARA O DESESPERO!

É poder ser quantas você quiser, numa única mulher. É ser contemporânea, atrevida e parafraseando Martinho da Vila: solteira, feliz e por que não? Até meretriz. hahahahahahahahaha
Mesmo que não nos queiram ver. Mesmo que nos mostrem nas páginas da dor, quando perdemos os nossos filhos nessa limpeza étnica/social. Estamos na luta insana. Estamos sempre dispostas a dizer sim pra vida. Mesmo que ela nos machuque!!!

SER MULHER NEGRA É SER GUERREIRA!
SER MULHER NEGRA É SER CRIATIVA!

sábado, 29 de agosto de 2009





Vou saculejando por aí...

A Flor E O Espinho

Nelson Cavaquinho/Alcides Caminha/Guilherme de Brito

Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Hoje pra você eu sou espinho
Espinho não machuca a flor
Eu só errei quando juntei minh´alma à sua
O sol não pode viver perto lua
É no espelho que eu vejo a minha mágoa
A minha dor e os meus olhos rasos d´água
Eu na tua vida já fui uma flor
Hoje sou espinho em teu amor

II EXPO da CULTURA AFRO - Dia 30/08


TERREIRO DE BREQUE - hoje, 29/08

Mais que uma opção para se ouvir sambas memoráveis, é sem dúvida um evento para se dançar, jogar bilhar e encontrar novas e velhas amizades.
O Terreiro de Breque é um grupo que se diferencia pela pesquisa de repertório e execução, cuja prioridade é o samba de terreiro, o samba-de-breque e o sincopado.
O grupo é formado por: Fernanda Magali (voz), Zeh Gustavo (voz), Renan Sardinha (violão), Fernando Palhaço (cavaquinho e voz) e André Batata (percussão).
Diversão garantida!!!
Onde:
Bilhar Guanabara
D. Pedro I, nº 7 - Praça Tiradentes Sábado - 29/08 - a partir de 21h - ENTRADA GRATUITA
Obs: O Bilhar ocupa o segundo andar do edifício em frente ao Teatro Carlos Gomes. Para acessá-lo, basta subir uma escadinha bem ao lado direito do Bar Thalia.

SAMBA DO CHAPÉU - hoje, dia 29/08




O "Samba do Chapéu" é um convite para celebrar as nossas principais raízes musicais e culturais. O samba, o jongo, o samba de roda, a capoeira e o forró se reúnem no encontro mensal (último sábado do mês) que acontece num belo casarão do século XIX, em Santa Teresa.O "Chapéu" é quem comanda a festa, determinando quem pode cantar na roda de samba, acolhendo os pedidos musicais, passando recados e colhendo o couvert artístico (que não é obrigatório nem tem valor fixo, mas é fundamental para a sobrevivência do evento).O samba começa às 15 hs e vai até às 22 hs.aberto, qualquer pessoa pode ver e participar
Capoeira, jongo e samba de roda rolam nos intervalos, e após o samba tem Forró no salão.
E vamo que vamo!!!
Onde:
Rua Almirante alexandrino, 501 - Santa Teresa






quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Programação de setembro: PROJETO QUASE SETE

QUASE SETE PROGRAMAÇÃO DE SETEMBRO TEATRO GONZAGUINHA
Dia 3, ATAULPHO ALVES JUNIOR Dia10, NILZE CARVALHO Dia17, NEI LOPES
Dia 24 - MOACYR LUZ

Ataulpho Alves Junior 3 de setembro, quinta-feira, 18h45/Entrada Franca
Filho do grande compositor da MPB, o cantor e compositor Ataulpho Alves Junior começou a cantar com a irmã Matilde, e um amigo de infância, Aluízio no Trio OS HERDEIROS DO SAMBA. Apresentou-se pela primeira vez em 1963, na tv Record SP no Programa Bossaudade apresentado por sua madrinha musical A divina Elizeth Cardoso. No dia 05 de agosto de 1965, seu pai passou o seu tradicional lenço branco para Ataulpho Alves Junior dizendo: toma o lenço meu filho, e vai defender o que é nosso de geração a geração.
Uma de sua canções mais conhecidas e que fará parte do show no dia 3 de setembro, quinta-feira, no Quase Sete, Teatro Gonzaguinha, na Praça XI é “ Os meninos da mangueira”
O show terá uma hora de duração.

Nilze Carvalho 10 de setembro, quinta-feira, 18h45 Entrada Franca
A instrumentista, dos 11 aos 14 anos, gravou a série de LPs Choro de Menina – Volumes 1, 2, 3 e 4 –, como bandolinista, e Chorinho de Ouro.
Apresentou-se e participou de gravações em diversos países, como Estados Unidos, Itália, França, Argentina, Japão, Suíça, Espanha, China e Austrália. Em 2005, Nilze foi indicada ao Prêmio Tim na categoria de melhor cantora de samba, com o CD Estava Faltando Você.
Nilze também cantou e tocou no espetáculo O samba é minha nobreza, produzido por Hermínio Bello de Carvalho, e no show Lembranças cariocas, que resultou em um CD produzido por Lefê de Almeida, além de contribuir musicalmente para o teatro, em De Getúlio a Getúlio: A história de um mito, de Sérgio Britto, Soppa de letra, de Pedro Paulo Rangel e O homem, a mulher e a aposta, de Maria Helena Kühner.
A cantora também participou da gravação dos DVDs Gafieira, de Zeca Pagodinho, Cidade do Samba, ao lado de Dona Ivone Lara, e Nei Lopes, com o ilustre sambista.
Sambista já consagrada, contribuiu com grandes nomes da música popular brasileira e internacional, como Dona Ivone Lara, Alcione, Zeca Pagodinho, Zélia Duncan, Jair Rodrigues, Zé da Velha e Silvério Pontes, Mart’nália, Olívia Hime, Sadao Watanabe, Stephano Bollani e tantos outros.
Nilze Carvalho é cantora e cavaquinista com o grupo Sururu na Roda! Corra e olhe o céu Cartola

NEI LOPES Dia 17 de setembro, quinta-feira, 18h45m Entrada Franca
Nei Lopes, compositor, cantor notabilizou- se como sambista, principalmente pela parceria com Wilson Moreira.
Sambista, compositor popular, ligado às escolas de samba Acadêmicos do Salgueiro (como compositor) e Vila Isabel (como dirigente), hoje mantém com elas ligações puramente afetivas.
Atua como compositor desde 1972, vem, desde os anos 90 esforçando-se pelo rompimento das fronteiras discriminatórias que separam o samba da chamada MPB, em parcerias com músicos como Guinga, Zé Renato e Fátima Guedes.

MOACYR LUZ Dia 24 de setembro, quinta-feira, 18h45 Entrada Franca
Compositor. Violonista. Cantor. Seu avô foi clarinetista da Banda do Corpo de Bombeiros. Iniciou seus estudos de violão aos 15 anos de idade, com os professores Carlos e Hélio Delmiro. Freqüentou, também, as aulas na Pró-Arte.
Em 1979, teve gravada, pela primeira vez, uma canção de sua autoria: "Eu me descubro", pela cantora Lana Bittencourt. Apresentou-se em shows ao lado de João Nogueira (projeto "Seis e meia"), Luiz Carlos da Vila (Projeto Pixinguinha) , Élton Medeiros (projeto "Antenas do Ipiranga"), Aldir Blanc, Fátima Guedes, Jards Macalé, Zé Renato, Guinga, Walter Alfaiate, Luís Eça, Alaíde Costa e Aldir Blanc.
Em 1988, lançou o LP "Moacyr Luz 1988", contendo as primeiras canções de sua parceria com Aldir Blanc. O disco contou com a participação de Raphael Rabello, Sivuca e Hélio Delmiro.
Em 1995, gravou o CD "Vitória da ilusão", no qual apresenta uma fusão de ritmos, juntando as Pastoras da Portela, o Baticum (grupo de percussão carioca) e um quarteto de cordas, realçando os detalhes da harmonia. Este trabalho reflete 10 anos de sua parceria com Aldir Blanc, destacando-se as canções "Medalha de São Jorge", "Mico preto", "Saudades da Guanabara" e "Flores em vida pra Nélson Sargento". Em 1998, gravou o CD "Mandingueiro" , resgatando a formação clássica das rodas de samba, em que predominam as dobradinhas cavaquinho e violão, bandolim e sete cordas, pandeiro, surdo, cuíca e tamborim.


SERVIÇO

QUASE SETE
Sempre às quintas-feiras às 18h45
Agenda de setembro : Dia 3, ATAULPHO ALVES JUNIOR Dia10, NILZE CARVALHO Dia17, NEI LOPES Dia 24 - MOACYR LUZ
Teatro Gonzaguinha - Rua Bendito Hipólito, 125 - Praça XI - Cento (Metrô Praça XI) TEL:22216213
Entrada Franca em todos os shows
Acesso a cadeirantes
Lotação : 200 pessoas
Faixa Etária Livre

domingo, 23 de agosto de 2009

Projeto Quase Sete, Caloustre Gulbenkian (Délcio Carvalho) 27/09 - Entrada Franca


Délcio Carvalho estará se apresentando no Projeto Quase Sete no Centro de Artes Caloustre Gulbekian (27/08), encerrando a agenda de agosto que contou com participações de feras como:

Gilson Peranzzetta e Mauro Senise, Dorina e Walter Alfaiate e Nelson Sargento.Todos os shows tiveram entrada franca, sempre às quintas-feiras às 18:45h.

Teatro Gonzaguinha - Rua Bendito Hipólito, 125 - Praça XI - Cento (Metrô Praça XI) . TEL:22216213

Entrada Franca

Acesso a cadeirantesLotação : 200 pessoas



fonte: http://culturalcoletivo.blogspot.com/

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

LUTA PELA EDUCAÇÃO


Querid@s amig@s, nos próximos dias, nós, professores do Estado, estaremos travando uma luta contra o projeto de lei, enviado pelo governador à ALERJ, que descumpre o que ficou comprometido por ele em campanha através de uma carta aos professores (que está reproduzida no meu álbum). Neste projeto, ele quer incorporar ao nosso salário, em 6 míseras parcelas, o valor de 435 reais, que representa o teto da malfadada gratificação do NOVA ESCOLA. O detalhe importante é que estas seis parcelas serão divididas em SEIS ANOS. Isto mesmo!!! Só em 2015, quando ele não for mais governador, é que estaremos com este valor incorporado. Talvez, vocês vejam sendo veiculadas pela imprensa notícias mentirosas sobre um tal AUMENTO. Isto não existe!!! Isto não é aumento. Em 2015, estaremos ganhando menos do que um professor iniciante ganha hoje no município do Rio de Janeiro, por exemplo. Além disso, o nosso plano de cargos e salários foi levianamente alterado. Isso é pensar que nós não temos voz e nem vez. Vamos provar o contrário. Conto com a solidariedade de tod@s vocês!!! Divulguem a nossa luta!!!

TRIBUTO A CANDEIA - 22/09


MOVIMENTO - ESTA É A HORA!!!!


AMPLIE E PARTICIPE!!!!
Esta é a hora!
Não podemos ser simples espectadores.
Vamos provocar uma profunda e radical mudança na política, sem coloração partidária.
Vamos impor o fim do cinismo descarado, da corrupção endêmica e do banditismo institucionalizado.
Estamos de “saco cheio”. Chega de afronta.
Que a lei de hoje puna (como puder) os canalhas que emporcalham e seviciam a nação. Mas isto não basta, a maioria dos que hoje acusam, foram os canalhas de ontem, ou serão os canalhas de amanhã.
Esta é a hora. Vamos iniciar um vigoroso movimento popular que produza uma verdadeira reforma político-administrat iva, profunda, séria e radical…Esta é a hora de uma reforma que afugente da vida pública a corja de escroques que se sugam o sangue da nação… ou tudo continuará como sempre foi.Esta é a hora de impormos mecanismos de punição implacável ao homem público que transgride……ou tudo continuará como sempre foi….ou tudo continuará como sempre foi.
A reforma político-administrat iva poderá instituir, dentre outras, as seguintes medidas:
1.Comprovação documental rigorosa da idoneidade dos candidatos.
2.Extinção ou profunda restrição da imunidade parlamentar.
3.Obrigatoriedade de abertura do sigilo fiscal e bancário de vereadores, prefeitos, deputados, senadores, ministros de estado, presidente da república, vice-presidente da república, partidos políticos, dirigentes de partidos políticos, diretores de entidades da administração direta e indireta, juízes e desembargadores.
4.Proibição de contratação de parentes e afins de até o nível de 3º grau. E que a admissão de parentes ocorra apenas por concursos, onde o critério seja técnico.
5.Adequação ou mesmo a redução drástica de salários, benefícios e aposentadorias para ocupantes de cargos legislativos a nível municipal, estadual e federal.
6.Introdução de pesadas agravantes na legislação penal, cível e tributária, para crimes cometidos pelos homens públicos.
7.Obrigatoriedade de comprovada capacitação e experiência dos aspirantes a cargos de direção em entidades da administração direta e indireta.
Esta é a hora de criarmos reais condições para que a esperança vença a descrença, pois, apenas assistimos a este teatro como se não tivéssemos poder para alterá-lo.
Esta é a hora de agirmos! pelos nossos filhos e netos e em respeito aos 50 milhões de miseráveis deste país, que vivem o martírio de uma vida de sofrimento desumano.
50 milhões de miseráveis
No dia 7 DE SETEMBRO DE 2009 às 17:00 horas!
Às 17:00 horas, vamos paralisar o Brasil.
Às 17:00 horas, vamos promover um panelaço!
Exija que as redes de televisão, rádios, jornais, revistas e o político de sua confiança divulguem este movimento.Mobilize sua escola, seu sindicato, sua igreja, seus amigos. Inicie agora esta corrente de ação nacional. Vamos atingir todos, de todas as camadas sociais, de todos os recantos deste Brasil.
No dia 7 de Setembro de 2009, às 17 horas:
Estenda na janela uma bandeira, uma toalha, um pano qualquer.
Bata panelas!
Toque cornetas!
Se você estiver no carro, buzine!
Promova desfiles, passeatas!
Faça a nação tremer, por 1 minuto.
Vamos fazer a nação tremer, por 1 minuto.
Aí sim, saberemos que somos um povo que resgatou a esperança. Iniciaremos a mudança.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Convocação Geral!!!


BLOQUEATA - 1º Bailão Pró Carnavalesco da Cidade do Rio de Janeiro

Dia: domingo, 30 de agosto de 2009

Hora: 14hLocal: Praça XV – Centro, Rio de Janeiro

PELA LIBERDADE CRIATIVA NO CARNAVAL CARIOCA

A gente não quer promover bagunça, mas o excesso de normatização pode acabar com a espontaneidade dos blocos de carnaval do Rio de Janeiro. Queremos cair na folia com o povo no meio da rua, cantar hinos e marchinhas a plenos pulmões, criar nossos roteiros ao sabor do acaso e da vontade dos participantes, estimular o livre dançar e aproveitar a melhor época do ano na cidade do Rio. E principalmente, queremos ter assegurar a liberdade de ter idéias novas e colocá-las em prática na véspera do carnaval. Estipular que 31 de agosto é a data final para regulamentação dos blocos de carnaval é um contra-senso – afinal, boa parte da graça de pular em blocos consiste no inusitado de idéias que podem surgir no calor do verão, em meio aos ensaios e batucadas de esquenta.

Convocamos todos os blocos do Rio de Janeiro a fazer um bailão a céu aberto, em plena tarde de domingo, 30 de agosto, na Praça XV. Chamem os amigos, tragam as famílias, crianças, e VENHAM FANTASIADOS. A farra continua!!Facebook: http://www.facebook.com/s.php?q=BLOQUEATA&init=quick#/event.php?eid=108349193935&ref=mf


Organização: DESLIGA DOS BLOCOS CARNAVALESCOS DO RIO DE JANEIRO

Participem!!!!



Participem do projeto de Ação Social! Precisaremos arrecadar o maior numero de brinquedos (novos e usados) possível para a festa do dia das crianças.

O projeto além de doar os brinquedos, pretende oferecer: Pula-Pula para as crianças brincarem, jogos recreativos, lanche (bolo, refrigerante e cachorro quente) e atração.

Ponto de arrecadação: Vila Olímpica do Sampaio

Rua Antunes Garcia, 12 (Sampaio)Secretaria Tel. 2332-2297

Contato: Flávio Viana

Esse projeto vai atender as crianças das comunidades carentes adjacentes na Vila Olímpica do Sampaio.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Samba Luzia

Nesta Quarta dia 19, o Projeto Samba de Raiz e Negão da Abolição, recebe como convidado o cantor e compositor Claudinho Guimarães, lançando o seu CD.
Músico, se tornou compositor e arranjador com mais de 70 (setenta) composições catalogadas.
Acompanhou os mais diversos deuses e mitos da música, como o inesquecível Luiz Carlos da Vila, Serginho Meriti, Monarco, Alcione, Walter Alfaiate, Dona Ivone Lara, Beth Carvalho, Almir Guineto e Zeca Pagodinho, no qual em seu último disco vem se destacando com a música de sua autoria *Sujeito pacato*. O Clube Santa Luzia fica na Av. Silvio de Noronha, 300, próximo ao aeroporto Santos Drumond, tem vista para o Cristo Redentor, Pão de Açucar e Mosteiro da Glória Serviço: Horário: 20hIngresso: R$ 12 (Preço Único), damas não pagam até às 20hTelão de frente para Baía de Guanabara (jogos do Campeonato Brasileiro)
Reservas: 7843-8038 e 3414-4799

Quem tem boca fala o que quer, mas se tem ouvido... Toma!

Família e amigos de Nadinho da Ilha respondem a desastrosa nota publicada em “O Globo”, coluna de Ancelmo Gois

A propósito da nota “A voz de Sargento”, publicada na coluna Ancelmo Gois, em O Globo, 14/08/2009, vimos, na qualidade de família e amigos do cantor, compositor e ator Nadinho da Ilha, nos posicionarmos: o artista convivia e lutava com diabetes há cerca de oito anos. E em função desta doença, passou a ter limitações físicas, mas que, se por um lado não permitiam agilidade total, não o impediam de trabalhar. Ele era atração fixa regular na casa de shows Rio Scenarium, na Lapa, assim como participou de muitos eventos/espetáculos promovidos pelo CPC Aracy de Almeida. Como muitos brasileiros (somados a idade e os custos altos de remédios e alimentação especial), vivia em aperto financeiro, o que é diferente de “penosa miséria”. A solidariedade de amigos foi necessária algumas vezes, novamente em uma situação que acomete aos que não nasceram em berço de ouro. Nos últimos dois meses de vida, quando diagnosticou-se um câncer em estado avançado, a situação complicou-se, ficando ele internado no Hospital Municipal Miguel Couto, mas com um tratamento, na medida do possível, digno e correto. Dado o estágio da doença ele veio a falecer em 04/08/09, e não em 12/08, como informa a coluna.

Achamos que o enredo de escola de samba “A Penúria do Sambista”, caso houvesse, seria de mais valia para a classe média em seus camarotes do que para a vida real, o dia-a-dia dos sambistas, que pode ser por vezes de guerreiros sempre lutando, correndo atrás, mas sobrevivendo e vivendo com dignidade. Não concordamos com uma ideia subentendida nesta nota, e por vezes publicamente ventilada, de que o sambista/artista tem que ter tratamento ou pensão especial pelo seu talento ou pelas alegrias que dá à sociedade. Neste sentido, concordamos com o mestre Nei Lopes, que disse que, como todo profissional liberal, o artista deve se proteger, pagar autonomia a previdência, etc. Nos associamos a esta ideia, assim como a outras. Exemplos positivos e publicados pelo próprio jornal “O Globo” são muitos: o desconforto da cantora Rosemary gerou uma demanda e um movimento social, que culminou na previdência privada para artistas (CULTURAPREV, governo federal, sindicatos de artistas e músicos, etc.); o artigo publicado por Deborah Cheyne, presidente do Sindicato dos Músicos (08/08/09), cobrando a legalização na contratação dos músicos (contra as chamadas “notas frias” ou de “favor”), mas também cobrando dos músicos portarem-se como cidadãos, com direitos e deveres. Recuando ainda mais no tempo, Bucy Moreira (sambista, neto de Tia Ciata e que faria 100 anos em 01/08/2009), de forma organizada, fundou com outros músicos, nos anos 60, uma cooperativa habitacional e até hoje a sua família e outras, residem no “Conjunto dos Músicos”, no Engenho da Rainha, fruto desta organização.

Em tempo 1: a viúva do cantor, Sra. Ana Maria Pereira do Valle, agradece, mas não autorizou a ninguém a se lamentar em seu nome; não era o feitio do próprio falecido.

Em tempo 2: Xangô da Mangueira, com quem também convivemos muito, uma vez que era presidente de honra de nosso CPC Aracy de Almeida, morreu aos 85 anos, com situação financeira estável e organizada. Sonia Julianelli Ferreira, sua viúva e também membro do CPC escreveu para o colunista que justificou-se dizendo gostar muito de Xangô, mas não publicou nenhum esclarecimento.

Flavio Aniceto dos Santos – produtor cultural, coordenador do Coletivo de Produção Cultural Aracy de Almeida e Ana Maria Pereira do Valle – viúva de Nadinho.

Homenagem a Candeia - Cine Glória





TPM

Vamos ver se coloco de forma que não
haja mais dúvidas quanto a este assunto…
Quando acordo na TPM,
a primeira coisa que penso é:
TUDO está errado.
E por “tudo” eu quero dizer o MUNDO, entende?
Tipo,
a crosta terrestre,
a atmosfera,
a hidrosfera
e
principalmente a biosfera,
que me enviou como representante esse
MALDITO BEM-TE-VI QUE ESTÁ
GRITANDO NA PORRA DA
MINHA JANELA!!!
Aí,
eu faço um vídeo-clip mental de
“Matador de passarinho” do Skylab.
[Abre-MERCHAN! !!]
música que faz parte do Cd
“Trilha sonora da TPM”,
que traz vários outros sucessos para animar
esse período mágico como
“Sou rebelde porque o mundo quis assim”
e ainda
“Essa vida me maltrata, estou virando um psicopata”.
Peça já o seu!!!
[Fecha-MERCHAN! !!]
O vídeo-clipe me deixa mais alegrinha
e pronta pra pensar em coisas mais amenas como
“queria que minha chefe morresse”
ou
“eu odeio filhotinhos de gato”.
Daí pra frente a coisa só vai melhorando.
A sensação de que tudo está errado
vai virando certeza absoluta,
me levando ao ponto de argumentar com
veemência a favor de Deus mudar
a cor desse céu azul-irritante.
Vai discordar?
Boa sorte.
Isso só aumentará a sua dor, isto é certo.
A única dúvida é quanto à forma que
o ódio escolherá para sair de mim, em sua direção.
Vejamos as opções para o
exemplo supracitado:
a) ficar alterada e continuar argumentando
no melhor estilo Heloísa Helena;
b) chorar copiosamente repetindo:
“MAS POR QUE AZUL, CARA???
POR QUÊEEEEEE????
c) lançar um grampeador em sua direção
(reze pra que a tesoura não esteja mais a mão).
Mas o que eu acho mais maravilhoso na TPM
é que ela é convincente.
Você realmente acredita que o certo a fazer é arremessar
o grampeador, você sente toda aquela indignação
quando as pessoas não compartilham do seu raciocínio,
todo aquele ódio quando a porra da tampa
do refrigerante cai, toda aquela vontade de chorar
quando vê o comercial do “Mercado Livre”
(aquele bem idiota com um carinha
que vende um beijo, sabe?).
Enfim…
TPM é isso, ad infinitum.
Nossa amiga Bubu conta que já foi a uma médica
pedir ajuda para controlar a metamorfose mensal
que a pobre menina sofria.
A médica fez pouco caso.
Disse que TPM é coisa de revista feminina.
Bom,
neste caso,
acho que a Coca-Cola
e a CIA
poderiam fazer um cursinho com
a galera da “Nova”,
para aprenderem o
“ultimate-método- de-lavagem- cerebral”,
porque,
PUTA QUE PARIU,
ele é SUPER eficiente!
Eu, por exemplo,
NUNCA comprei um único exemplar de “Marie Claire”
ou similares, mas a TPM,
essa sim, eu recebo mensalmente e
sem pagar assinatura.
Talvez, a médica, estivesse tentando dizer,
de forma extremamente simplificada,
que o ser humano é, ao mesmo tempo,
um ser biológico, social e cultural.
Assim, a TPM (bem como a adolescência,
a menopausa, a “crise da meia-idade”, etc)
têm sido supervalorizados pela mídia,
que na falta de um assunto melhor
(ou de espectadores/ leitores melhores),
apela para este “cardápio fácil” com o intuito de continuar
vendendo suas revistas e ganhando seus pontos no ibope.
Neste sentido,
a TPM é uma construção cultural/social,
mas a base desta construção
É, SIM, BIOLÓGICA
(uma médica deveria saber).
E cá entre nós,
eu só estou me dando ao trabalho
de dar toda essa justificativa
tão pretensiosamente científica,
porque não estou na TPM.
Caso estivesse,
mandaria todo mundo tomar no cu,
e pronto.
E-mail enviado por uma companheira. Mas é por aí...

domingo, 16 de agosto de 2009

Gostaria de convidar a todos para CURTIR uma noite MAGICA ao som de muita musica no LIGARTE.
Um evento que reúne uma variedade de apresentações no estilo cabaret com: teatro, dança, circo, música, exposições fotográfica e artes plásticas. Uma festa com objetivo de fazer uma ligação entre vários segmentos das artes, formando um único show.
Durante as apresentações a festa será conduzida por um DJ, o espetáculo-festa acontecerá no dia: 22 de agosto a partir das 22:00 horas, na Rua Almirante Alexandrino, 1945. Realização e produção: Ateliê Produções em parceria com Fabio Negret , Jessica Stansfield e Filipe Farinha.
Ingressos antecipados: os 100 primeiros ganham um fim de semana para casal em uma pousada em Búzios, Penedo ou Tiradentes. Garanta já o seu ingresso por email e ganhe um fim de semana com acompanhante em Búzios, Penedo ou Tiradentes é só escolher.
www.pousadaalcobara.com.brwww.recantodastresbacias.com.brwww.tiradentesgerais.com.br/mariabonitawww.pousadamariabarbosa.com.br

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

SEXta-feira!!!


Pois é, mais uma sexta-feira rolando!!!
O sol está garantido pro final de semana. Segundo a meteorologia vai dar praia, obaaaaaa!!!
Hoje a noite promete, adoroooo!!! Minha sandália cor de prata já está tinindo!!! Vai virar ouro!!!
O samba vai tocar cadenciado no Angu do Gomes, lá pelas bandas da Pça Mauá. Exatamante no Lgo de S. Fco. da Prainha. Aniversário do amigo Sergio Correia, do site Berço do Samba! Asé, querido! O Grupo Berço do Samba fará as honras e a nossa Sereia do Samba, Angélica, dará uma canja bem temperada!!!!
Não esquecendo que o fervo se extenderá ao sábado, porque gosto muuuuito!!! Samba de Breque, que só os bambas conhecem e fazem questão de difundir. Oh, delícia!!! O Conjunto Terreiro de Breque estará se apresentando no Bilhar Guanabara (0800) - tradicional salão de sinuca - , fica em frente ao Teatro Carlos Gomes na Pça Tiradentes. Esta área da cidade é muito charmosa e para apreciá-la ainda mais tenho uma dica de leitura: Praça Tiradentes "Não te esqueças de mim" de Roberta Oliveira. O livro é uma delícia! A autora traça um amplo painel da praça.
E por falar em 0800, lembrei do meu amigo André Borges do blog Giro 0800. Parabéns, querido! Muito merecido o reconhecimento da sua prestação de serviço a nossa cidade. André você é um verdadeiro carioca!!! Bjks
Mas continuando... Sábado irá rolar LA FIESTA, ARRIBA!!! Na Gafieira Elite, na Frei Caneca n° 4. O local, assim como toda a parte do centro da cidade, é pontuado por acontecimentos interessantes da nossa história. O prédio, por exemplo, é remanescência do período da corte, residência do Intendente Geral de Polícia da Corte e do Estado do Brasil, chefe do órgão da segurança pública da época (Fernandes Vieira), cuja a filha tornou-se esposa de Duque de Caxias (D. Anica). Já na época de casa de entretenimento (17 de julho de 1930), recebeu figuras ilustres como o nosso talentosíssimo Grande Otelo, o nosso São Pixinguinha (que nos livre das tristezas do cotidiano) e tantas outras figuras do cenário cultural da nossa maravilhosa e agitada São Sebastião do Rio de Janeiro.
Num clima afro-latino, a gafieira irá receber no seu salão dançarinos experientes ou não. Mas com certeza a alegria será garantida!
Domingo é dia da família e de quem mais quiser chegar, porque na casa a panela e o coração da dona são grandes. Asé, meu povo!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Loucos e Santos




  1. Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos. Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo. Deles não quero resposta, quero meu avesso. Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim. Para isso, só sendo louco. Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças. Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta. Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice! Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou. Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril.


Oscar Wilde

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Exposição: Uma História em Cordel - SESC Ramos

Gonçalo Ferreira da Silva“Uma História em Cordel”, uma justa homenagem a um dos grandes expoentes e desbravadores da Cultura Cordelista de nosso país e um dos principais responsáveis pela solidificação desta cultura em nossa sociedade como base acadêmica, através da criação da ABLC – Academia Brasileira de Literatura de Cordel e de suas obras.
Abertura 07/08/200914h
Exposição:
De 07 a 30 de agosto
Horários: Terça a sexta, das 9h às 18h, sábados, domingos e feriados, das 8h às 17h.
Local: SESC Ramos – Rua Teixeira Franco, nº 38 – 2º Andar - Galeria – Ramos
Entrada Franca – Classificação Livre

Vamos nessa?????


Salve o nosso samba de cada dia!!!!


GRÁTIS TIA SURICA, DANIELA CALCIA & PEÇO LICENÇA AMANHÃ DIA 5 (5ª FEIRA) NA CINELÂNDIA

AMANHÃ! (06/08) Quinta-feira!
IMPERDÍVEL: A cantora Daniela Calcia e o grupo Peço Licença fazem roda de samba NESTA QUINTA (06/08) no Sintrasef, na Cinelândia e recebem como convidada TIA SURICA, integrante da Velha Guarda da Portela. O evento é gratuito. Cerveja em lata por R$ 2!
PEÇO LICENÇA: Marcelo Sant'Anna(violão), Philipe Ornelas(cavaco), Yuri Portela(percussão), Mingo(surdo) e Dizzy(pandeiro)
End.: Rua 13 de maio, nº13 / 10º andar, Cinelândia (Prédio do Bola Preta)
Data: 06/08 (quinta-feira)
Horário: 18h30
GrátisTelefone: 2272 4211

Mancar não vale!

Se manter no salto é difícil... Caraca!
Ás vezes tropeço, piso em falso, o salto quebra! Putz!
Quando isso acontece não adianta se desesperar. Ou você finge que o salto está ali e pisa na pontinha do pé pra não mancar ou se apoia em alguém.
No primeiro caso uma dica: precisa acreditar que o salto está ali, respirar fundo e ir.
No segundo caso prefira sempre os amigos mais aloprados. Estes sempre encontram a saída mais divertida e original.
Mas assim, comigo dá super certo. Não sei com você.
Sou muito descompensada, aí a coisa flui. Agora é difícil e tem que ter muito talento.
Imagine você, dona da situação e o seu salto quebra? Ah, congela a imagem! Fez beicinho? Vai chorar?
Não vale a pena... Muitas coisas boas podem aparecer a partir disso. Como por exemplo vc conhecer um belo sapateiro, né?

quarta-feira, 22 de julho de 2009

A la suína


Não é máscara de carnaval!!!
Não se trata de nenhuma agremiação carnavalesca.

Estas são feitas para servir de barreira contra o vírus H1N1 (GRIPE SUÍNA). Agora a merda vai feder... Desejo sorte a todos nós!!! O Estado admitiu que o vírus está circulando livremente e na nossa paisagem começa a aparecer as indefectíveis máscaras!!!
Porque acreditei no anúncio do nosso ministério da saúde? Por que acreditei que no Brasil as coisas dariam certo desta vez?????????????

Enquanto isso os atos secretos emergem féticamente!!! O jogo de transmissão do poder passando de geração pra geração e o ordenamento da coisa pública CONTINUA sendo tratado como propriedade particular.

USEMOS AS MÁSCARAS!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Divina Dama


Nascida no bairro do Maracanã, zona norte do Rio de janeiro (16/07/1920). Elizeth Valdez Cardoso cresceu num ambiente musical: seu pai, seresteiro, tocava violão e sua mãe o acompanhava cantando. A família era Frequentadora da famosa casa da Tia Ciata. Assim cresceu a cantora que mais tarde seria descoberta por Jacob do Bandolim. Aos 16 anos iniciaria a carreira no Programa Suburbano na Rádio Nacional.
Em 1939, depois de apresentar-se em circos, clubes e cinemas, criaria, com o ator Grande Otelo, o quadro "Boneca de Piche".
Tornou-se cantora de êxito, gravando músicas de compositores renomados como Ataulfo Alves, Herivelto Martins, Silvio Caldas, Dorival Caymmi, Ary Barroso, Lamartine Babo, dentre outros.
Marcou presença na TV com participações marcantes e comandou em 1960 o programa Nossa Elizeth, na TV Continental (RJ); em 1965 o programa Bossaudade, na TV Record (SP) e Sambão, também na TV Record .
Um dos seus maiores sucessos seria "Mulata Assanhada" (Ataulfo Alves), gravação da década de 1960 contida no LP Sax e Voz. No entanto, é difícil prender a atenção numa única música ou num único disco da nossa Divina. Sua discografia é marcante, seus parceiros, assim como os seus shows foram admiráveis!
Foi na excursão ao Japão em 1987, ao lado de Altamiro Carrilho, Zimbo Trio e Conjunto Choro Carioca, seria diagnosticado o câncer que a vitimaria três anos mais tarde. Em 7 de maio de 1990 nossa Divina Eliseth Cardoso daria adeus aos palcos.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Daniela Calcia & Grupo Peço Licença recebem Walter Alfaiate (02/07) - Entrada franca


data: 02/07/09
hora: 18:30
onde: Av. Treze de Maio, 13/10º andar - Cinelândia (Prédio do Bola Preta)
detalhes: Daniela Calcia & grupo Peço Licença recebem o cantor e compositor Walter Alfaiate no Sintrasef, na Cinelândia, nesta quinta-feira (02/07), a partir das 18h30. Entrada Franca.

Av. Treze de Maio, 13/10º andar - Cinelândia (Prédio do Bola Preta)


Em breve será lançado o documentário sobre o Walter no Rio.

terça-feira, 30 de junho de 2009

Mudando o jogo

Brasília - Os líderes das religiões de matriz africana tiveram atuação marcante na 2ª Conferência Nacional de Promoção de Igualdade Racial, encerrada nesse domingo (28). A plenária final referendou uma série de propostas destinadas a garantir o combate à intolerância religiosa.

Os delegados recomendaram o mapeamento cartográfico social dos terreiros de todo o país, a garantia de aposentadoria para religiosos e a responsabilização de emissoras de TV ou rádio pela veiculação de matérias de cunho racista e discriminatório, com multas diárias no caso de práticas de intolerância.

O ministro da Secretaria Especial de Políticas da Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Edson Santos, se comprometeu a formular um plano nacional de combate à intolerância religiosa e a apoiar a criação de um fórum nacional do movimento de religiosos de matriz africana. “Estamos à disposição das entidades para essa luta, que consideramos extremamente legítima”, diz o ministro.

O diretor de projetos e pesquisa da Federação Brasiliense e Entorno de Umbanda e Candomblé, Ribamar Veleda, acredita que a conferência marcará uma novo momento na conscientização da sociedade. “É uma luz que estávamos buscando ao longo de muito anos e que agora começa a se acender. Sabemos que muito tem a ser feito, mas sabemos que o pontapé inicial está sendo dado aqui hoje”.

A comunidade indígena também avalia como positivos os debates e encaminhamentos da 2ª Conferência Nacional de Promoção de Igualdade Racial. A defesa dos territórios indígenas e do processo de regularização foi reforçada na plenária final por representante de outros movimentos, como negros e ciganos. No âmbito institucional, a Seppir se comprometeu a analisar a proposta de criação de uma subsecretaria indígena.

Para a representante do Conselho Nacional das Mulheres Indígenas, Maria Helena Azumezohero, a garantia de espaço para as comunidades na conferência e o diálogo com outros movimentos também são importantes conquistas. “Tivemos a participação aqui de representantes indígenas de todos os estados e, por isso, conseguimos avançar nas nossas propostas. Agora vamos aguardar uma resposta sobre a subsecretaria na Seppir.”

A liderança indígena também levou para aprovação na plenária final recomendações na área de educação, principalmente visando ao cumprimento do Plano Nacional de Educação Indígena e ao aumento da oferta de vagas para índios no ensino superior.','').
Nunes

fonte: Juliana Cézar
Da Radioagência Nacional

Lançamento do CD do músico João Martins - Clube Santa Luzia ( 1° de julho)

Foi celebrada uma parceria entre o Projeto Samba de Raiz (que rola às quartas no Clube Santa Luzia, centro da cidade) com o Pagode do Negão da Abolição e Nézio (que acontecia no mesmo dia no Clube Guanabara, em Botafogo). Agora, o Pagode da famosa e querida dupla acontecerá no Clube Santa Luzia, mais uma vez às margens da Baía de Guanabara. Com certeza será um ótimo programa para as quartas!
Nesta edição (quarta, 1º de julho), o compositor e músico João Martins estará lá lançando seu cd, "Juízo que dá samba". "O saci relampiou..."
Ah, continuam o telão com os jogos do Brasileirão e a promoção das damas: até 20 horas, elas entram de graça. O lugar tem cerveja de garrafa e petiscos.
O Clube Santa Luzia fica na Av. Almirante Silvio de Noronha, 300 (próximo ao Aeroporto Santos Dumont). Tem vista para o Cristo Redentor, Corcovado e Mosteiro da Glória.
O ingresso custa R$ 12,00.
Horário: a partir das 20 horas.
Informações e reservas: 21-7843-8038 – ID 23*1390 ou 3414-4799
(atenção para os números).
Página: www.sambaderaiz.com.br.

Samba pra gente - Lapa 40°


SAMBA PRA GENTE - LAPA 40 GRAUS

Data: 01/07/09 às 23:30

Endereço: Rua do Riachuelo, 97

Quartas-feiras no IPN

TODAS AS QUARTAS FEIRAS TEM NO IPN O GRUPO BATUQUE NA COZINHA.
Data: 01/07/09 às 18:00
Endereço: RUA PEDRO ERNESTO, 32 /34

TERÇAS DA POMBA ROLÔ - 30/06 A PARTIR DAS 19:55


"Terças da Pomba Rolô" é o nome da roda de samba que Flávio Oliveira do Salgueiro realiza em Jacarepaguá.
Formação: Flávio no cavaco e voz, Jairo Bom Ambiente (percussão e voz), Índio 7 Cordas violão e voz, Bira Nota 10 no pandeiro e Rogério Mais Velho (surdo).
O nome do grupo é "Papo de Samba & Estórias". O horário: das 19:55 às 23:59h.
Local: Bar Taboca
Couvert: R$ 4,00Dia: às terças- feiras
Estrada de Jacarepaguá, 6550 Lj B, Largo do Anil
Info: (21) 3256-4550
fonte: Agenda do Samba & Choro

A Rádio MEC apresenta: Elza Soares - sexta-feira (03/07)


A Noite Carioca – 23h
MEC AM – 800KHz
Elza Soares
A cantora Elza Soares é a atração do A Noite Carioca, que apresenta o show gravado no Centro Cultural Light, no Rio de Janeiro, em setembro de 2008. O espetáculo fez parte do projeto Cartola de Todos os Tempos, em comemoração aos 100 anos do compositor.
Com sua voz rouca e seu estilo exagerado, Elza conquistou plateias no Brasil e no mundo, passando temporadas nos Estados Unidos e na Europa. Entre seus muitos sucessos estão Se Acaso Você Chegasse (Lupicínio Rodrigues/ Felisberto Martins), Lata D'Água ( Luiz Antonio / J. Junior) e Antonico( Ismael Silva).

Produção e apresentação Marina Barreto.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Abrindo parênteses







Samba Urbano - Balneário da Lapa 25/06


Convidado Especial DELCIO CARVALHO
Local: BALNEÁRIO DA LAPA
Av. Mem de Sá, 63 - Lapa

Informações e Reservas 2222-032825/06 - 5ª feira às 20:30 horas

R$ 10,00 -18 anos

LISTA AMIGA R$ 7,00 sambaurbano@hotmail.com